25 julho 2016

Resuminho em #5 atos

Viajamos semana passada e tem tanta coisa que eu queria contar aqui no blog...

Coisa #1 
Luquinha esteve bastante sensível nas últimas semanas porque Igor estava trabalhando muito e quando ficamos só nós três em casa, eu, Luquinha e Lulu, acabo tendo que cuidar mais dela, sem poder dar a atenção que ele precisa. Logo que percebi que ele estava assim, sabia o motivo. Conversei com Igor, dizendo que não podíamos dividir assim: ele cuida do Luquinha e eu da Luiza. A única coisa que ele não pode fazer é dar mama, o resto pode tudo. Passamos a dividir, então, de forma que nós dois pudéssemos interagir com Luquinha. Além disso, comecei a levar a sério mesmo o nosso tempo juntos, só nosso, meu e do Luquinha. Além disso II, a viagem veio a calhar. Longe de casa, tanto eu quanto o Igor conseguimos focar quase toda nossa atenção nele e em apenas alguns dias tudo voltou ao normal. Celebramos que o nosso Luquinha feliz, risonho e que faz piada o tempo todo voltou! Ele achou graça da nossa brincadeira e reforçamos algumas vezes o quanto estávamos felizes de ter nosso Luquinha de volta. rs



Coisa #2
Lulu está uma fofinha! Está dormindo a noite inteira (há mais de um mês já) e há dois dias eu tirei o Swaddle, já antecipando o que sabia que hora ou outra teria que acontecer porque ele começa a não ser bacana para o bebê quando o bebê está preparado para novas aventuras se mexendo mais. Achei que ela fosse acordar bastante durante a noite, mas essas duas primeiras noites foram tranquilas. O experimento de hoje é que a coloquei para dormir no quarto dela (e do Luquinha). Como comecei hoje, não sei ainda qual será a melhor forma. Mas o que fiz foi: avisei ao Luquinha cada passo do que estaria para acontecer na rotina de sono dela, fiz ela dormir, vim para a sala terminar de ver um filme com ele, que a essa altura já estava alimentado e de dente escovado e xixi feito. Li duas histórias, ainda na sala, rezamos e só o levei para o quarto na hora de dormir mesmo. Ele já estava bastante cansado, e dormiu rápido. São quase 22h e ela continua dormindo bem. Depois conto mais, se der certo (e se der errado também rs).


Coisa #3
Tenho mais dois meses em casa, antes de voltar a trabalhar. Acho que minha ansiedade é relacionada a isso. Quero que tudo esteja confortável para eles dois quando eu voltar. Não só em termos de alimentação, mas em relação aos brinquedos e brincadeiras, em relação ao nosso momento juntos. Desde que eu voltei da licença-maternidade do Luquinha faço questão de manter um tempo de nós dois. De manhã, sou eu quem faz tudo com ele antes da escola. De noite, também faço questão de termos uma rotina. E isso não vai mudar com ela. Quero continuar fazendo o mesmo. Sei que é cansativo, mas é indescritível como vale a pena.


Coisa #4
A viagem foi muito, muito legal! Passamos uma semana em Búzios, nós quatro. Encontramos também a vovó Helena (minha mãe) e passamos um tempo com ela em Macaé. Curto, mas de qualidade. Em Búzios, jogamos bola, brincamos no parquinho, Luquinha jogou bastante vídeo-game porque o tempo estava frio e não podíamos ir para a praia nem para brincar na areia porque estava ventando muito. Demos sorte de um dia esquentar e ter sol e nós estarmos perto da praia justamente nesse momento. Ele curtiu, foi ótimo. Comemos muito bem em lugares que já amamos e em lugares novos que certamente passarão a fazer parte da nossa rotina na cidade. Aliás... essa é a Coisa #5...



Coisa #5
Tradição. Amo! Acho que Igor e Luquinha também e possivelmente Lulu passará a amar. Temos nossos costumes... Em Búzios, temos um roteiro pronto, que fazemos sempre. Não me entendam mal, também gostamos de sair da rotina, tanto que conhecemos alguns lugares novos que amamos dessa vez. E eles passarão a fazer parte do nosso roteiro tradicional. rs Aqui em casa, por exemplo, já tem algum tempo que reunimos nossas famílias para datas como dia dos pais e dia das mães. ;) E desde que comecei a fazer a torta de maçã, sinto que ela é uma grande candidata a fazer parte das nossas tradições. Todas as vezes que fiz ela ficou deliciosa. Não tem como não fazer.... rs


É isso. Vou dormir, estou muito cansada. São quase 23h e eu tenho que aproveitar que meus pequenos estão dormindo. Desde que Lulu nasceu, todos os nossos dias são agitados. kkkk

06 julho 2016

Das coisas que não vão para as redes sociais


Eu sempre digo... Facebook é onde as pessoas expressam seus piores sentimentos, Instagram, os melhores. Eu não curto reclamar da vida no Facebook. Na verdade, em nenhum lugar. Quem me acompanha pelas redes sociais deve achar que:

a. Eu minto. Porque não é possível que eu tenha todo esse tempo e bom humor com duas crianças em casa.
b. Minha vida é muito tranquila, mesmo com duas crianças em casa.

Mas, na verdade, não é nem um nem outro. Eu não acho que minha vida seja complicada, ou que esteja complicada nesse momento, estando em casa, com duas crianças. Mas também não é nem um pouco tranquila. Quem me acompanha, vê eu brincando com Luquinha, fazendo graça com a Lulu, vendo séries e mais séries de TV, malhando, passeando... E não vê uma série de coisas que fazem parte do meu dia a dia, como:

- arrumo a casa o dia inteiro. É incrível como num piscar de olhos tudo está bagunçado de novo. De onde vem tanta bagunça? É na sala, no corredor, na cozinha, nos banheiros, no meu quarto, no quarto deles... Tudo bagunçado o tempo todo. E eu tentando deixar tudo arrumado o tempo todo;

- Lulu passando a maior parte do tempo que está acordada no meu colo. São mais de cinco quilos, minhas costas já não aguentam tanto como antigamente. Ela não curte um carrinho, não curte uma cadeirinha e, apesar de estar dormindo a noite toda, tem ficado acordada muitas horas por dia, só tornando esse aconchego mais cansativo. Eu, que decidi que se ela quer colo terá colo, estou segurando as consequências. Eu amo! Mas que é cansativo, é;

- Trocas de fralda com direito a várias roupas sujas com as bombas que Lulu faz, quarto com cheiro de cocô de bebê, banheiro que não fica limpo nunca;

- Eu não paro um segundo: acordo, dou mama, coloco para arrotar, faço dormir, acordo o Luquinha, dou a vacina dele, faço seu café da manhã, assisto desenho com ele, arrumo a mochila, levo na escola, volto, dou mama, coloco para arrotar, coloco no carrinho, tento tomar café da manhã sem ser interrompida (e repito essa parte durante o dia inteiro), pego Luquinha, dou o almoço (marido adianta cozinhando o almoço, que eu só preciso esquentar), escovo os dentes dele, deixo brincar um pouco, faço dormir, acordo, dou mama, não coloco para arrotar porque tenho que acordar Luquinha e arruma-lo para a atividade física, volto para casa, dou mama, não coloco para arrotar porque tenho que dar banho e janta do Luquinha, dou mama de novo, assisto desenho com Luquinha, faço leite, escovo os dentes dele e coloco para dormir.

A verdade é que parece muita coisa. E é. Até porque sempre tem algum imprevisto, como essa semana que ele está com bronquite e não está indo para a escola. Eu dormi dois dias com ele em seu quarto para acompanhar sua respiração enquanto dormia. Então altera toda a rotina. Mas eu sou muito tranquila. Eu acho tudo isso muito tranquilo. Eu tenho noção de que é muita coisa, eu sei que é cansativo. Meu corpo sente. É só o Igor chegar do trabalho que eu desabo de cansaço, estou exausta. Mas enquanto estou ali, na batalha da rotina, nem sinto.

Acho que algumas coisas me fortalecem. No dia a dia:

- nunca estou de mau-humor;
- digo muito mais sim do que não;
- sempre considero que as coisas estão mais tranquilas do que elas de fato estão.

Se alguém me perguntasse quais são os meus segredos para ter essa vida "tranquila", eu diria que são esses acima. Sou assim no trabalho também e sempre colhi bons frutos por isso.

E, além disso tudo, não vejo porquê compartilhar nas redes sociais as dificuldades do dia a dia. Já é tudo tão difícil, já está tudo tão complicado, que eu tenho a impressão que as pessoas só gostam de ver mesmo a parte boa... ;)

Só para registrar!


Só para ficar registrado... Essa semana:

- Luquinha teve bronquite;
- foi aniversário da Sossô;
- Lulu continua dormindo cerca de oito horas direto por noite;
- Luquinha está quase 100% melhor.