03 junho 2016

Uma semana difícil


Luquinha passou a semana com febre. Depois apareceram manchas na pele, como as que relatam em casos de Zica ou Dengue. Imaginamos que não seja Dengue porque ele não teve nenhum outro sintoma da doença, mas assim como pode ser Zika, pode ser uma série de outras viroses que têm sintomas similares ou iguais a esses. A questão é que quando é vírus, não há muito o que fazer senão observar e dar remédios que amenizem os sintomas. É uma das coisas que a gente aprende com a maternidade. A boa notícia é que, neste momento, a febre passou e as manchas não aumentaram.

Eu posso me sentir agradecida:

1. Apesar da febre alta, Luquinha se manteve bem a semana inteira, não perdeu a energia, nem o apetite, muito menos a felicidade habitual que tem!
2. Igor estava comigo todos os dias, o dia inteiro!

Nem sei dizer como seria se ele não estivesse. É claro que eu sei que teria ajuda, como tivemos, de fato, do meu cunhado que acompanhou o Igor em determinado momento. Mas é diferente ele estando aqui comigo, sem sombra de dúvidas. Foi quase como um teste para eu pensar no que teria feito se ele não estivesse.

Apesar de todo o cenário ajudando, foi muito ruim ver Luquinha doente assim. Ele nunca fica assim, tem, no máximo, uma gripe ou outra. A última vez que teve algo assim foi a síndrome da mão, pé, boca, uma virose também, que teve quando era bebê. Que dó deu dele! Como tinha um monte de ferida na boca, não conseguia mamar na mamadeira, nem se alimentar direito. A única coisa que conseguia comer era iogurte bem gelado, devia aliviar... Faz aproximadamente quatro anos que isso aconteceu. Nesse meio tempo, sofreu outras vezes, como quando caiu e quebrou o dente, ou quando o portão da escola prendeu no dedo dele... É sempre o pior sentimento do mundo quando vejo ele exposto. Se eu pudesse, transferia todos os males para mim! Só nós sabemos...

Bem, passado o pior quadro, nesse momento ele está se recuperando. Só saberemos o que ele tem na semana que vem, quando, provavelmente - esperamos - ele já estará melhor.

Por causa disso, Luquinha perdeu o primeiro passeio que teria com a escola. Uma pena. Estava tão, mas tão ansioso para ir... =/ Mas não foi dessa vez. Teremos sorte na próxima! ;)

Luquinha doente, com Luiza em casa, com apenas um mês... É muito difícil, quase impossível, manter esse "controle de qualidade". Estamos fazendo o possível, lavando muito a mão, passando bastante álcool gel... E rezando bastante para que dê tudo certo e ela continue protegida. rs Foi só o primeiro desafio como mãe de dois... Na verdade, o segundo, o primeiro foi a adaptação dele à chegada dela. ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário