06 junho 2016

Cólicas


Desde a segunda semana de vida da Lulu ela tem cólica. Segundo sua pediatra, desde o momento que poderia ter. Não esperou nem um segundinho a mais. E agora ela tem cólica todos os dias, durando praticamente as três horas previstas pelos especialistas no assunto. Paralelamente, ela tem dormido sete horas por noite direto, acorda, mama, e dorme mais três horas até amanhecer. Eu provavelmente nunca vou ter certeza, mas minha teoria é que ela fica tão cansada de chorar à noite, que capota depois. Dá uma dorzinha no meu coração só de pensar que é isso. Coisa de mãe, se eu pudesse conter a dor que ela sente com a cólica, faria isso sem hesitar nem por um milésimo de segundo, mesmo que isso significasse que ela acordaria diversas vezes na madrugada.

A parte "boa", se é que a gente pode chamar disso, é que eu tenho experiência por ter vivido isso com o Luquinha. Sei que não há muito o que fazer, então não adianta desesperar. Vou mudando as táticas para ir amenizando a dorzinha que ela deve sentir...

Seguro no braço com a barriguinha para baixo;

Coloco ela voltada para minha barriga e a abraço, balançando suavemente (o calor do meu corpo ajuda);

Faço exercício de bicicletinha com as pernas dela para que possa soltar pum (e muitas vezes ela solta, embora isso não resolva o problema da cólica... alguns minutos depois ela está chorando de novo);

Uso simeticona )mas só quando o choro está persistente e ela está, de fato, puxando as perninhas para cima);

Se ela dá uma trégua no choro, enrolo ela no Swaddle para que possa relaxar um pouco dormindo, com chupeta e, se possível, com uma musiquinha relaxante...

Mas, vejam bem, nada disso é dica para combater a cólica. São coisas que eu faço que funcionam com ela por alguns minutos. Nenhuma dessas opções faz com que a cólica passe. Embora, toda vez que eu paro tudo o que estou fazendo para dar um banho morninho, ela relaxe bastante. Fica sem chorar o tempo todo do banho. ;) Mas, mais uma vez, não é solução. Funciona com ela, mas várias coisas que funcionavam com o Luquinha não funcionam com ela, e vice-versa.

A cólica do Luquinha chegou um pouco mais tarde e durou até praticamente o dia exato em que ele fez três meses. Estou torcendo para que pelo menos nesse término do problema as situações sejam parecidas. ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário