17 maio 2016

#ReceitaDeFamília {Torta de Recheio Básico}



Vocês acreditam que eu só tirei foto para o snapchat (juliagscosta) e esqueci de salvar? Pois bem... esse minha mãe que fez, mas o meu ficou igual! ;)
Minha avó era boleira, fazia bolo para vender, além de comidas congeladas e outras coisas. A gente adorava tudo que ela fazia, porque muitas vezes, quando não estava vendendo os produtos, fazia para a gente mesmo. Dos que estavam mais presentes: pão, bolo Mármore, torta de Recheio Básico, macarrão (ela mesma fazia a massa), lasanha e outras massas. Além do básico de toda vó: arroz doce, ambrozia, pudim etc.

Ela faleceu quando eu tinha 11 anos, mas tenho uma vasta memória sobre ela, pois cuidou de mim e do meu irmão durante quase todo o tempo enquanto minha mãe precisava trabalhar. Na adolescência tentei pela primeira vez fazer a torta de Recheio Básico, minha preferida. Não deu certo, o pão de ló desmoronou.

Já com o Igor, tentei fazer novamente e não deu certo de novo. O pão de ló também foi o problema.

Com o passar dos anos, e principalmente após o nascimento do Luquinha, fui me familiarizando mais com a cozinha. Fiz inúmeros pratos salgados e mais recentemente tenho tentado fazer bolos. O primeiro que fiz foi de laranja, uma receita que peguei no Tudo Gostoso. Ficou muito bom! Fiz para o Igor, que não ficou muito fã, mas levei para o trabalho e todo mundo lá amou. Ficou bem molhadinho por causa do suco de laranja que acresentei à massa.

O segundo foi bolo Mármore. Ficou bem gostoso, mas não ficou igual ao da minha avó. Deve ser porque peguei a receita também no Tudo Gostoso e não entre os arquivos dela que minha madrinha havia me mandado há pouco tempo.

Quando fiz esse bolo mármore, a batedeira bem simples que eu tinha aqui em casa estragou e agora, no dia das mães, sabendo da minha vontade de me aventurar no mundo dos bolos, o Igor me deu uma de presente. Foi até engraçado porque dei a missão dele ir ao shopping comprar os presentes das nossas mães - porque eu estava em casa, já com Lulu recém-nascida. E, quando ele estava lá, me ligou com dificuldade em escolher os presentes delas. Eu disse: compra qualquer coisa, menos eletrodoméstico ou coisas para casa e cozinha. Hahahahahaha Ele ficou decepcionado e abriu para mim que tinha acabado de comprar a batedeira. Eu disse que fiquei feliz e realmente fiquei! A cozinha tem se mostrado um parque de diversões para mim, principalmente neste período que não posso sair de casa.

Com a nova batedeira, tomei coragem para tentar novamente fazer a Torta de Recheio Básico. Minha mãe estava aqui em casa e fez primeiro. Juntou a receita que tínhamos da minha avó, enviada pela minha madrinha (ela sempre faz para mim quando vou visitá-la :) ), com uma que ela achou de pão de ló no Tudo Gostoso.

Minha mãe fez e ficou perfeita! Igualzinha à torta da minha avó! Que delícia! Ela ainda fez em duas formas, uma colocou o recheio básico e na outra não. O Luquinha amou o "bolo de bolo", como chamei quando ele perguntou do que era. Agora pede toda hora. rs

Fiz a receita com ajuda da minha mãe e, realmente, ficou perfeita!!! Finalmente, aprendi. E cheguei à conclusão de que:

1. Detalhes são importantes, principalmente para quem está começando.
2. Ferramenta certa é o que há!

Compartilho aqui a receita que, como eu disse, é uma mistura da receita da minha avó com a receita que encontramos no Tudo Gostos:

Torta de Recheio Básico

Ingredientes Pão de Ló

4 ovos
2 xícaras de trigo
2 xícaras de açúcar
1 copo de leite
1 colher de sopa de fermento

Ingredientes Recheio Básico

400ml de água
2 xícaras de açúcar
4 gemas
2 colheres de sopa de maizena
2 xícaras de leite
2 colheres de chá de essência de baunilha

Modo de preparo Pão de Ló

Separar a clara da gema;
Bater as claras em neve até quadruplicar de tamanho;
Acrescentar o açúcar aos poucos até colocar todo;
Acrescentar a farinha de trigo já misturada com o fermento e ir colocando o leite aos poucos.
Levar ao forno médio por 45 minutos

Modo de preparo Recheio Básico

Despejar a água na panela e, em seguida, o açúcar;
Mexer até começar a ferver ou quando ficar mais grosso, perto da consistência de calda;
Adicionar o restante dos ingredientes, que já devem estar misturados;
Mexer até começar a ferver.

Finalização

Esperar o bolo esfriar e, então, cortar a massa na metade (com linha ou com faca). Rechear e cobrir o bolo.

Observação

A receita da minha avó levava também abacaxi, que era acrescentado em pedaços na calda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário