08 fevereiro 2015

Nunca é demais dizer o quanto eu te amo!


eu te amo porque você aprendeu a dizer o quanto você ama as pessoas e as coisas e, hoje, faz isso naturalmente, sem mais eu precisar te ensinar ou incentivar;
te amo porque você é meu companheiro para todas as horas e abre mão de - quase - qualquer programa para estar ao meu ladinho (e eu vou aproveitar cada segundo disso enquanto durar);
te amo porque a gente sempre se diverte muito juntos;
eu te amo porque você tem apenas três anos, mas a gente tem conversas super agradáveis de gente grande e você nem percebe, age como se tivesse 30... ainnnn!!!;
te amo porque você me entende, porque você respeita seus avós, porque você ama seus amigos, porque toma suco de laranja da fruta (não tomava até essa semana, mas passou a me dar esta alegria), porque você ama meu suco de maracujá e porque você come verdinhos e coloridos com prazer (eu sou um péssimo exemplo, ainda assim você se mostra melhor que eu!!!);
eu te amo porque você diz para mim que não gosta de ficar sozinho quando está escuro, e na hora de dormir, e eu não tenho como dizer que não vou ficar com você nessas horas, porque eu mesma não gosto de ficar sozinha também e te entendo. E você é tão honesto, e tão sensível por identificar exatamente o que te incomoda... É simplesmente demais;
eu te amo porque isso (aí em cima) acontece só de vez em quando, e a maior parte dos dias você dorme tranquilinho, sozinho no seu quarto (e você ama sua cama!!!);
te amo tanto, filho, mas tanto, que todas as coisas que eu falei acima só me fazem sorrir todos os dias, mas o motivo real mesmo de eu amar você é simplesmente o fato de você existir. <3

Sim, é claro que você tem defeitos. Mas para quê lembrar deles agora? Neste momento, eu estou tão feliz que só quero dizer o quanto te amo!!!! E, que fique registrado, amo independente de qualquer coisa! <3