04 dezembro 2013

Ele não quer comer Parte I - A paciência

Eu lembro como se fosse hoje como eram difíceis os finais de semana para mim, quando estávamos em casa e eu tinha que comer tudo o que minha mãe colocava no prato. Se durante a semana eu tinha a moleza que era a minha avó - que fazia um prato para mim com arroz e bife e estava tudo tranquilo -, os finais de semana eram complicados... Minha mãe passou por poucas e boas comigo. Lembro de uma vez ter ficado a tarde inteirinha na cozinha, com o prato de comida na minha frente, porque cada vez que eu colocava a colher na boca, tinha ânsia de vômito.

Sim, eu era assim.

E, para piorar, o Igor, meu marido, era igual. Minha sogra nunca se esquecerá dos dias de aflição que passou com ele, que não comia!

Eu nunca ouvi dizer que essa "dificuldade" alimentar é genética. Mas se for.... Aff!

Luquinha, de umas semanas para cá, tem dado tanto trabalho neste quesito! Não sei se é normal, uma fase, ou se é o calor. Ou, ainda, se são os dois anos se aproximando. Mas a questão é que tem dias que ele simplesmente não coloca uma única colher do almoço ou do jantar na boca. E o "problema" é com a refeição... Porque, se nos finais de semana não temos rotina, tudo flui bem...

Como trabalhamos fora, a única refeição que conseguimos fazer os três juntos, na mesa, é o café da manhã. E isso sempre funcionou. O Luquinha ainda tem a rotina de acordar a mamar. Mesmo assim, se vamos tomar café, ele senta conosco e come um queijinho, um pão ou o que mais estivermos comendo.

Pelas coisas que li na internet, em matérias de revistas e pelo que já vi em matérias na TV, fazemos várias coisas "erradas". Por exemplo, li uma vez na Pais & Filhos que a gente não deve festejar quando ele abre a boca para comer, nem demonstrar irritação quando ele não abre. Bem, eu faço os dois.

Além disso, também li nesta mesma matéria que a gente não deve deixar que eles brinquem enquanto comem. O Luquinha sempre come com um carrinho na mão ou se entretendo com algo que está em cima da mesa. E, sim, vez ou outra come vendo televisão. E nos finais de semana não é raro me ver indo atrás dele para mais uma colherada, enquanto ele corre pela casa ou pelo quintal da vovó.

Bem... resumindo... Sei que estou fazendo tudo diferente do que dizem as teorias. E tudo diferente do que eu disse que ia fazer - antes de chegarmos nessa fase. Aquela velha história de cuspir para cima...

Então, estou realmente disposta a mudar esse cenário. Se tiverem dicas ou quiserem dividir comigo que isto é mesmo uma fase e que vai passar LOGO, ficarei feliz também.

Ama um pãozinho, bolinho, biscoitinho... Agora, coloca só um prato de arroz com feijão... OMG! O que fazer???

Um comentário:

  1. Ju, por aqui Benjamin ainda come de tudo e sempre come. Nesse final de semana me assustei pq ele não parou de comer. Agora mesmo, estou no trabalho e ele está de férias com o pai, mandei mensagem pro marido perguntando se eles tinham almoçado. Ele disse que Benjamin almiçou e que agora estavam na casa da minha tia e que ele pediu arroz e feijão. Mas já tive momentos que Bnejamin não quis comer ou não quer. Antes eu ficava irritadam, brava e percebi que quanto mais irritação eu demonstravam, aí que ele não comia mesmo. Tanto que hoje, Benjamin come mais com o marido do que comigo. Pra mim ele faz graça. Mas uma coisa que pratico e não sei se é certo ou não, e nem ligo se não for, é deixar Benjamin comer a hora que ele quer. Por exemplo, se é meio dia e eu oferçeo comida, ele não quer, deixo pra lá. Às 14:00 sei que ele vai comer se eu oferecer ou até pedir. E é assim mesmo que rola. Como a gente já tem costume de comer tarde mesmo aos finais de semana, deixo ele almoçar no nosso horário. Fica desregrado? Fica! Mas pelo menos ele come com a gente, evitamos stress e pronto. Esse lance de comer em frente da TV, ou de sair correndo atrás da criança com a comida, etc., tb não gosto, mas já fiz várias vezes. Eu zelo pela paz da família. E se ele come assim, é melhor que nada. É que haja paciência, né?! Mas uma coisa eu sei, morrer de fome, eles não morrem. rsrsrsrsrs

    ResponderExcluir