29 agosto 2013

Dormindo na casa da vovó!!!

Ontem foi dia de Luquinha dormir na casa da vovó para mamãe e papai irem se divertir! E que diversão! Flamengo X Cruzeiro, no Maraca reformado, com direito a gol salvador aos 43’ do segundo tempo! Não vejo a hora de poder levar o Luquinha para sentir esta adrenalina, explosão de endorfina, serotonina que é assistir ao jogo do Fla com o Maracanã lotado de torcedores (do nosso time)!


Ele dormiu na casa dos avós e matou a saudade da Nannn (Nandinha, sua titia de apenas oito aninhos), que ama de paixão! De manhã, bem cedinho, marido foi lá busca-lo! Chegou em casa e foi direto para o quarto dar um beijo de bom dia na mamãe, que estava já doidinha de saudade!

Sobre isto, gostaria de fazer dois comentários (daqueles que a gente registra para lembrar, caso esqueça):

Independência

Essa idade que o Lucas está, de descoberta da independência, facilita muito em dias como o de ontem. Ele brinca sozinho, ele sobe sozinho no sofá, ele desce sozinho (sempre com olhos cuidadosos ao redor), você faz o mama e ele mama sozinho. E, talvez o mais importante, ele dorme sozinho. Basta coloca-lo no berço, dar boa noite, um beijo, apagar a luz e pronto. Luquinha vira para o lado e dorme.

Comportamento

Lucas é super agitado! Adora dançar, adora correr e, sim, adora gritar. Mas, apesar da pouca idade, é super tranquilo no sentido de entender seus limites. Na casa da minha sogra existe uma escada na sala, que leva ao terraço. Bastaram dois ou três dias de “não pode subir” para ele nunca mais tentar. Na verdade, quando ele quer subir, procura uma mão adulta e guia ela para lá. Rs Mas já entendeu que não pode subir sozinho.

Minhas colegas extremistas chamariam isso de adestramento. É, pode ser. Eu adoro uma criança adestrada. O que posso fazer?

Depois de muito insistir, ele não vai mais lá para fora sozinho e quando quer ir, chega na porta e pede. Isso facilita muito as coisas, porque minha sogra não tem que ficar correndo atrás dele pela casa inteira, tomando cuidado o tempo o todo “Não sobe na escada!! Olha o degrau!! Não fica na chuva!!”. Ela nos faz um favor e é bom saber que este favor não é assim, tão cansativo quanto poderia ser.

É claro que eu tenho plena consciência de que 70% disso se dá ao fato de que ele é assim porque é assim e pronto. Os outro 30% acredito que sejam devido ao adestramento super eficiente que fazemos com ele.

Seja como for, é com muito orgulho que digo que meu bebezinho está cada vez mais independente e comportado! ;) Os avós, de todos os lados, são só elogios. 






Um comentário:

  1. Benzoca tb passou a dormir sozinho, foi algo assim meio de repente. Logo depois que entramos no desfralde. De repente eles vão criando muita independência e isso vai enchendo nosso coração de alegria (o meu tb enche de nostalgia) rs.
    Sobre comportamento, acho que perdi algo sobre o adestramento rsrsrs. Meu Ben é bem parecido com o Luqinho: agitado, mas tb entende seus limites. É uma criança obediente até demais. Eu adoro! E fico muito orgulhosa. beijosss

    ResponderExcluir