09 julho 2013

Pq td mundo é capaz #momrunningBrasil


Eu já falei aqui que a boa alimentação nunca foi meu forte (e, sendo mãe, é com muita vergonha que eu falo isso). Em contrapartida, sempre fui muito ligada ao esporte! Minha mãe sempre nos incentivou muito, nos colocou na natação desde cedo (que me acompanhou até a vida adulta, inclusive durante a gravidez), fizemos basquete, capoeira, futebol, vôlei de praia, peguei onda, andávamos de bike p cima e p baixo... E desde a adolescência, tenho uma paixão: a corrida.

Quando engravidei do Lucas, estava correndo tanto que não sabia se os sintomas que eu estava sentindo de cansaço, sono, eram da corrida ou não. Mas assim que eu aoube que estava grávida, mesmo sabendo que eu poderia continuar correndo, não quis. Preferi ficar só com a natação.

Na licença-maternidade, fiz hidroginástica e voltei a correr os poucos. Quando voltei a trabalhar, entrei em uma academia perto da minha casa. Quando Igor estava em casa, ele ficava com o Lucas e eu ia correr. Quando não estava, eu o deixava na creche e ia correr.

Mas colocamos Luquinha em uma escolinha meio-período e passaríamos a precisar mais da ajuda da minha sogra. Não tinha cabimento eu deixá-lo na casa dela mais cedo para poder correr! 

Fiquei num dilema: pago a academia caríssima perto do meu trabalho para usá-la por apenas 50 minutos na hora do almoço ou compro uma esteira? Com a ajuda do bom senso do marido, compramos a esteira!

Todo mundo me disse que ela viraria cabide lá em casa. É difícil ter estímulo para correr em casa. E realmente é difícil. Ainda mais que a esteira está na área de serviço e eu corro olhando para uma porta na minba frente. Mas, não. Ela não virou cabide. Tem mais de um mês que ela esta lá em casa e sendo muito bem usada! :)

No meu trabalho, minha querida amiga e chefe me convidou para correr o Circuito Vênus. Eu, ela e mais três colegas do trabalho correremos. Três de nós somos mães e corredoras, com muito orgulho! Pois você, mãe que lê este texto agora sabe o quanto é difícil ter tempo e disposição para fazer qualquer coisa além das obrigações diárias! 

Então resolvi criar a #momrunningBrasil,  para que possamos compartilhar nossas experiências! Temos muitas fontes de inspiração e vou falar aqui no blog de cada uma delas! 

Por agora, só queria dividir com vocês o sucesso da esteira lá em casa e dizer que o meu estímulo tem um nome: endorfina! O hormônio que tem sua produção acelerada através da corrida e que leva à uma sensação de bem estar indescritível! 

Vamos lá, meninas! Rumo aos 10km na Vênus! ;)


2 comentários:

  1. Que legal!!! Adorei!! Parabéns pela força de vontade. A gente sabe que depois da maternidade priorizar atividade física é dificil. Tudo é uma desculpa para não nos movimentarmos. Eu não corro, mas, faço musculaçãoe e exercícios aeróbicos 4x por semana. Confesso que adoraraia poder ser sedentária, mas, a minha genética não permite...tenho que correr sempre atrás dos prejuízos dos excessos dos fins de semana etc. Hahahahahahahaha

    ResponderExcluir
  2. Uauuu, que legal.
    To criando coragem pra voltar a academia. rs

    Acompanhando! ;)

    ResponderExcluir