23 julho 2013

O lado bom da vida

Ontem eu falei aqui de todas as coisas difíceis dessa fase do Luquinha (1 ano e sete meses). Mas hoje eu quero falar só das coisas boas (que são muitas, muito mais do que as coisas ruins):

Ele está cada dia mais falante! Ainda não forma frases, como era previsto para a sua idade, mas repete tudo o que falamos, da maneira dele. Coto (biscoito), tolo (colo), ana (Nanda), ua (rua e lua, dependendo da ocasião), tsutsu (Txutxucão)... e por aí vai. É uma delícia ensinar tudo para ele e vê-lo repetindo todo feliz!

A memória dele está ficando cada vez mais visível. Outro dia, pegamos o mesmo caminho da casa da minha sogra, mas não estávamos indo para lá. Na metade do caminho, ele começa: vovó, vovó, vovó. rs Neste final de semana, estávamos eu, ele e minha mãe no supermercado. Minha mãe comprou uma daquelas bolinhas pequenas que quicam a beça. É claro que ele jogou e a bola foi longe, né. Ai minha mãe pegou a bolinha e disse: agora vamos andar na rua, então eu te dou a bola quando chegarmos em casa. Passou. Fomos andando para casa e assim que chegamos ele procura na mão da minha mãe a bolinha e fala: "bola, bola". Um fofinho!

Aí, para completar, no domingo levamos seu pai no aeroporto, mas Luquinha dormiu no meio do caminho. Quando chegamos em casa, estávamos no seu quarto brincando quando ele parou, olhou para um lado, para o outro e disse: pai (ele não tem falado papai e mamãe, mas pai e mãe.. deve ter preguiça rs). Aí eu disse que o papai estava no avião, lá no céu. Ele olhou para o céu e riu. Passaram-se dez minutinhos e passou um avião por cima do prédio. Na mesma hora Luquinha me aponta para o céu e diz: PAI, PAI! Tanto orgulhooo!!

E está assim! Aprendendo tudo numa velocidade enorme! Ô fase gostosa!!!

Cara de um... 
Dia 13 de julho, no batizado da prima Clarinha!

Um comentário:

  1. Ai, que relato delicioso, Ju. Acho essa fase em que as crianças aprendem e repetem tão legal! É incrível como em pouco mais de 12 meses eles conseguem se transformar de "bebês chorões" em "grandes comunicadores". :)
    Mariana

    ResponderExcluir