22 janeiro 2013

Microondas

Vira e mexe surge alguma pesquisa contradizendo aquilo que havia sido dito, principalmente quando o quesito é saúde. Por isso, sempre que vejo matérias sobre pesquisas, fico com pé atrás e procuro saber tudo: como foi feita a pesquisa, com quantas pessoas, qual foi o propósito, qual foi a conclusão etc. Só que, quando não há comprovação científica, mas há observação, eu confio. Ou, melhor dizendo, considero.

Este vídeo mostra como o efeito do microondas pode ser maléfico à saúde. Não posso dizer que confio totalmente nessas imagens porque não fui eu que fiz e eu não estava lá para acompanhar o processo. Mas é algo para ficar atento. E é um teste que pode ser feito em casa. De uma forma ou de outra, como eu disse, neste caso eu considero a informação. Algumas vezes na vida, é melhor não arriscar. ;)


Fonte: Este vídeo foi tirado do Mamatraca!

4 comentários:

  1. Ai... ai.... Bom vou dar minha compreensão disso. O microondas é usado nos Estados Unidos e Europa há mais de 50 anos, se assim fosse a população já teria acabado. Existem formas de se usar o aparelho e deve-se saber o que é permitido e o que é proibido. Todo mundo sabe que ovo com casca não pode, pois explode, cascas de frutas tem que ser perfuradas, assim como a gema do ovo... são técnicas e não podem ser esquecidas. Cozinho muito pouco no microondas, uso mais para aquecer do que qualquer coisa. cozinho beterraba no microondas e ela fica maravilhosa sem levar horas no fogo... enfim, acho tudo isso um exagero, pode usar desde que saiba como. Beijoca amor.

    ResponderExcluir
  2. Muito boa essa postagem. Realmente é um tema polêmico.
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. o tema é polêmico mesmo amiga, mas minha pediatra liberou pra eu esquentar a papinha do bebê desde que em utensílios de vidro. Segundo ela, o plástico aquecido é que faz mal por conta do bisfenol A, substância usada para dar mais flexibilidade aos plásticos e que pode ocasionar entre outras coisas a puberdade precoce. Falei disso no blog outro dia. Acho super válido compartilhar e precaução nunca é demais né? Beijoca

    Manu
    http://www.manumamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir