30 janeiro 2012

Voltando à rotina de atividades físicas

Depois de ler esta matéria sobre como voltar a correr após a cesariana fiquei ainda mais animada para a minha volta às atividades físicas. Oficialmente, como disse no post anterior, estou liberada para caminhadas e exercícios leves. Como estamos num período movimentado para voltar para a academia aqui perto de casa agora - pois podemos nos mudar a qualquer momento -, o ideal é que eu fique somente na caminhada mesmo, que posso fazer pelas ruas do bairro sem problemas de cancelamento de matrícula.

Os quilos a mais já foram perdidos, o que vai facilitar a minha volta e vai me permitir comer normalmente, sem qualquer restrição alimentar que uma dieta exige. Gosto de colocar no papel minhas metas. Assim fica mais fácil cumprí-las e não perder o foco. Por isso, resolvi fazer o planejamento abaixo:






Objetivo

Voltar a correr, em ritmo normal, antes de voltar a trabalhar.

Meta parcial

Correr, em ritmo moderado, a partir de três meses após o parto, ou seja, 18 de março.

Ação

Caminhadas diárias de 50 minutos durante o mês de fevereiro e metade de março, até que se iniciem as corridas moderadas, que deverão ser supervisionadas por um profissional.

Cronograma Fevereiro


3 fev sexta
4 fev sábado
5 fev domingo


intervalo de dois dias

8 fev quarta
9 fev quinta
10 fev sexta
11 fev sábado
12 fev domingo
13 fev segunda
14 fev terça


intervalo de três dias

18 fev sábado
19 fev domingo
20 fev segunda
21 fev terça
22 fev quarta


intervalo de três dias

26 fev domingo
27 fev segunda
28 fev terça
29 fev quarta

Essa outra matéria, da revista Boa Forma, fala sobre quais exercícios estão permitidos em cada fase do pós-parto:

30 a 60 dias

Nessa fase, dá para começar a praticar atividades leves, como caminhada, alongamento, hidroginástica e exercícios específicos para fortalecimento do abdômen, lombar e assoalho pélvico – musculatura localizada a partir do osso púbico até a base da coluna, passando pela vagina, uretra e ânus, que dá sustentação aos órgãos sexuais internos (útero, ovários, trompas) e à bexiga.

60 a 90 dias


As atividades moderadas estão liberadas. Já é permitido pedalar sem carga na ergométrica, fazer sessões de ioga, natação e musculação com carga leve e séries com poucas repetições. Mas atenção: em qualquer exercício, não ultrapasse 70% da sua frequência cardíaca máxima.

90 dias

A essa altura, os pontos devem estar bem cicatrizados e você pode partir para exercícios de maior intensidade. É hora de caprichar nos abdominais, frequentar aulas de pilates, power ioga, jump, localizada e até fazer musculação com carga pesada.

É claro que a amamentação poderia interferir neste processo, mas como fala na matéria, o ideal é amamentar e sair para a atividade em seguida, tendo, assim, tempo para a caminhada, para o banho após a caminhada e para relaxar um pouco antes da próxima mamada.

Não exagerar é importante para não criar problemas com o meu corpo, que passou recentemente por uma cirurgia, mas, principalmente, para que o ácido lático não influencie no leite do Luquinha, prejudicando sua amamentação.

Vamos que vamos! De tempos em tempos vou atualizando aqui no blog se as coisas estão indo conforme planejado ou não (e porque não, neste caso). ;)

***

Luquinha está cada dia mais fofo - e pesado! Nossa maior diversão agora é ficar falando daquele jeito que as pessoas falam com bebês, perto dele, para vê-lo rir. É tããão gostoso. Ele está um risonho! Ri para todo mundo que fala com ele. rs

Nenhum comentário:

Postar um comentário