16 janeiro 2012

Será que é cólica?

Há cerca de quatro dias, Lucas chora no final da tarde. Não consegue mamar. Logo na hora que começa, dá uns gritos e começa a chorar. Só para quando o coloco em pé, ou com a chupeta. Dá para ver que está com dor e é comum virem logo uns puns e arrotos. Dá uma peninha!

Hoje à tarde ele mamou o dobro de tempo que costuma mamar: 55 minutos. Sabia que talvez depois fosse pior, mas não havia nada no mundo que fizesse eu pará-lo. Até porque, sabendo que ele não conseguiria mamar direito mais tarde, melhor que mamasse bem naquela hora.

Agora está na hora de mamar de novo e ele não consegue. Começa a chorar. Até tenta, o que me deixa com mais pena ainda, mas a dor é tanta que ele não consegue se concentrar e pegar o bico direito, então começa a chorar - de dor e irritado.

Também não quero ficar reclamando. Tem bebê que não para de chorar quando tem cólica e o Lucas não chegou neste estágio - e eu espero muito que ele não chegue. Deixei que ele descansasse. Está no bercinho, sem dormir, mas, aparentemente, sem dor. E está com o olhinho fechadinho, então está descansando. Na hora que ele tiver fome, vai vir aquele chorinho ameno e aí a gente tenta de novo.

Amanhã temos consulta de manhã e o médico vai me dizer o que provavelmente eu já sei, que é cólica. Mas ainda tenho esperança dele dizer: ah, não, é normal com 4 semanas o bebê ter isso. Amanhã já vai ter passado. rs

Se for cólica mesmo, vamos torcer para passar logo, do mesmo jeito. É muito ruim vê-lo com dor. As brotoejas não são nada perto disso.


2 comentários:

  1. é boneca, é cólica mesmo, mas existem formas de amenizar a dor. Faça exercícios para soltar os puns. Deite ele de barriguinha para cima e flexione e estique as perninhas, quando dobrá-las leve até quase o peitinho, aí estique novamente, várias vezes vc. vai ver que ele vai soltar puns, pode também fazer uma massagem no abdomem (uma massagem leve) e depois o exercício das perninhas, costuma aliviar. Boa sorte, as cólicas são normais, apenas 1 criança em 1000 não tem, portanto o Lucas deve estar entre as 999 kkkkkk. Beijo para os dois e boa sorte.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, dinda! ;) É aquela história, né... Quando eles são assim, pequetitinhos, torcemos para que eles arrotem bastante e soltem muitos puns... Aí eles crescem..... hahaha =) Vou fazer esses exercícios e vamos fazer o que o médico falou, de dar o remedinho antes... Vamos torcer para ele ter menos dor. ;) Beijoss

    ResponderExcluir