26 agosto 2011

Consulta do 5o mês

Graças a Deus, tudo em ordem com o Lucas. Já com a mamãe... Possível infecção urinária, anemia bombando, intestino em greve e outros probleminhas aparecendo. Nada que não possa ser resolvido em um mês, até a próxima consulta. E nada tão grave a ponto dos sintomas transparecerem. A boa notícia é que engordei somente 1,3kg no último mês, sinal de que a natação está fazendo efeito, já que a dieta continua igual a do início. Ouvimos o coraçãozinho do Lucas e ele estava todo todo se mexendo na hora que a médica estava me examinando.

Já estava tomando um suplemento vitamínico, mas agora vou ter que tomar também um suplemento de ferro e ácido fólico, além do remédio para regular o intestino. Já fui no supermercado, comprei também vários Activias, sucos de laranja, mamão, melão e comecei a "nova dieta" hoje mesmo, com direito até a farinha de linhaça. O pior é que são duas coisas para se preocupar: o intestino e o ferro. E um não parece se dar muito bem com o outro.

Antes de engravidar, eu tinha já exatamente os mesmos problemas. A questão é que agora eu não quero incomodar o Lucas, então eu estou mais preocupada e quero que os resultados apareçam mais rápido. Mas eu acredito que isso seja logo resolvido, pois, por experiência própria, tenho certeza que tudo está ligado única e exclusivamente à minha alimentação.

Eu brinco sempre com o Igor que eu sei todo o protocolo, o problema é segui-lo: 3 litros de água por dia, exercícios físicos de 3 a 5 vezes por semana, mamão, laranja, fibras, couve, brócolis, beterraba, vitamina C após a carne vermelha (que nestes casos deve ser diária), nada de pão francês (no máximo, se as coisas começarem a melhorar um 12 grãos) e Actívia diário. É tiro e queda. Resolve o problema do ferro e do intestino. Mas a verdade é que uma pessoa com uma rotina assim dificilmente vai ter qualquer outro problema.... O problema mesmo é seguir tudo isso.

A consulta teve 100% de aproveitamento, como sempre. O Igor disse que está apaixonado pela médica, que ela é muito boa! E eu concordo com ele, também estou. Ela é tudo de bom! Hoje atrasou à beça, mas quando entramos no consultório, entendemos. O telefone dela não parava de tocar, ela estava com algumas pacientes precisando dela e não podia não atender. Eu entendo, ainda mais agora, que estou grávida. E acho que 95% das pacientes dela são gestantes também. Fora que ela não deixa nada passar, pergunta tudo, responde tudo, explica tudo. Nada fica pendente.

Na hora que chegamos no consultório, uma moça estava sentada, ligando para o marido para contar que ia ser hoje. A médica tinha pedido que ela ligasse para a Perinatal para agendar sua entrada para as 16h. Eu achei muito legal tudo isso porque ela estava super calma, sem pressa, sem agitação, feliz, é claro, mas sem exageros. Sabia exatamente o que precisava saber, as pessoas para quem precisava ligar para avisar (só ali no consultório, ela fez umas três ligações), deu as ordens para o marido das coisas que ele precisava separar e pronto. Era só ir em casa, tomar um banho, pegar tudo e ir para a maternidade.

Agora a próxima consulta é só no final do mês que vem, mas antes tem mais ultra! :)

2 comentários:

  1. Julita, não é por falta de água porque tua companheira aqui sempre se preocupa com a hidratação do Luquinhas, né? O engraçado é que eu te acho super saudável. Claro, "meter o pezinho na jaca" às vezes faz parte (e eu que o diga!), mas pode ser uma fase. Algumas destas suspeitas já foram descartadas, o que é muito bom!! No mais, estamos aqui para o que vocês precisarem. ;)) Bjs!!

    ResponderExcluir
  2. Ju, só uma dúvida. Porque ela deu acido fólico só agora? Não seria nos 3 primeiros meses? Lembra que perguntamos porque vc. não estava tomando? Quanto ao ferro... é uma droga mesmo, o intestino para, também fiquei anêmica na gravidez, acho que isso é normal, Camila também ficou... Se cuida meu anjo. bjo grande e vê se manda noticias de vez em quando, temos saudade.

    ResponderExcluir